RSS

Fab Palladino Alive at Verde Limão Studio

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de janeiro de 2017 em Uncategorized

 
Vídeo

Fab Palladino na Micsul 2016

Show inédito de lançamento do album ‘O Que é Real?/What’s Real?’ de Fab Palladino. O show é um prolongamento do disco que é um diálogo entre o artista e a criança que existe no adulto. A partir do diálogo entre o Coelho de Veludo e o Cavalo de Pele, na música chave do album, ‘Deixe o Silêncio Falar`, Palladino vai tecendo um emaranhado sobre o que é real e o que não é. Juntamente com sua filha Ana Cândida, que faz o Cavalo de Pele, o Coelho de Veludo (Palladino) vai aprendendo que é o amor de uma criança é que nos torna real. O show vai caminhando para atingir a criança que está escondida dentro do adulto. Músicas explosivas como Shock Pop Nhac Pum, Choque de Monstro, baladas como Por Favor (cujo clipe a ser lançado em breve, foi feito com crianças a partir da Libras, linguagem brasileira de surdo-mudos), vão evoluindo para canções mais densas, como Coringa, Eu Queria Ouvir o Seu Coração, Adônis e Você é Um Anjo Longe de Casa, dedicada à avó de Fab. Culminando com Despedir Dá Febre, o diálogo dos meninos Riobaldo e Diadorim. Rock’n Roll, poesia onírica e lirismo!

Mostrarán una liberación sin precedentes del álbum ‘¿Qué es real? / ¿Qué es real?’ Fab Palladino. El espectáculo es un registro de la extensión que es un diálogo entre el artista y el niño que existe en los adultos. Desde el diálogo entre el conejo de terciopelo y el Caballo, la canción clave álbum, “dejó que el silencio Falar`, Palladino teje una maraña de lo que es real y lo que no lo es. Junto con su hija Ana Candida, lo que hace que la piel del caballo, el Conejo de Terciopelo (Palladino) aprenderá que es el amor de un niño es lo que nos hace real. El espectáculo está caminando para llegar al niño que se esconde dentro del adulto. canciones explosivas como choque Pop Nhac Pum, baladas Monster choque como favor (el clip que sea liberado pronto, se hizo con los niños de Libras, lenguaje Brasileña de sordomudos), evolucionan a las canciones más densas como Joker, quería escuchar a su corazón, Adonis y que eres un ángel lejos de casa, dedicada a la abuela Fab. Culminando con la leña da fiebre, el diálogo de Riobaldo y Diadorín chicos. Rock’n Roll, la poesía y el lirismo de ensueño!

 

Show unprecedented release of the album ‘What is Real? / What’s Real?’ Fab Palladino. The show is a record of the extension which is a dialogue between the artist and the child that exists in adults. From the dialogue between the Velvet Rabbit and the Skin Horse, the key album song, “Let the Silence Falar`, Palladino weaves a tangle of what is real and what is not. Together with his daughter Ana Candida, which makes the Skin Horse, the Velvet Rabbit (Palladino) will learn that it is the love of a child is what makes us real. The show is walking to reach the child who is hidden within the adult. explosive songs like Shock Pop Nhac Pum, Monster Shock ballads like Please (the clip to be released soon, was made with children from Pounds, Brazilian language of deaf-mutes), evolve to more dense songs like Joker, I wanted to Listen to your Heart, Adonis and You’re An Angel Away from Home, dedicated to the Fab grandmother. Culminating with Firing gives Fever, dialogue of Riobaldo and Diadorim boys. Rock’n Roll, dreamlike poetry and lyricism!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de agosto de 2016 em Uncategorized

 

Micsul 2016

El Mercado de Industrias Culturales del Sur MICSUR tiene por objetivo crear y consolidar una plataforma para el conocimiento, difusión, promoción, circulación y comercialización de bienes y servicios generados por las industrias culturales y creativas de la región.

MICSUR trabaja con seis sectores de las industrias culturales, Artes Escénicas, Audiovisual, Diseño, Editorial, Música, Animación y Videojuegos, de 10 países del sur, Argentina, Brasil, Bolivia, Chile, Colombia, Ecuador, Paraguay, Perú, Uruguay y Venezuela.

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de agosto de 2016 em Uncategorized

 
Vídeo

#Nesta Copa #Por Favor não vá me esquecer

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em música

 

Tags: , , , , , ,

Obrigado Dona Lúcia Rocha!

“O que ele achava do Caetano?”

“Caetano comia na minha casa, agora sumiu!”

“O que ele achava do John Lennon”? Perguntei meio acabrunhado.

“Ele gostava do John Lennon. Apenas achava que ele podia ter avançado mais”.  E Dona Lúcia Rocha, mãe de Glauber, ia me deliciando a cada resposta.

Eu sorvia cada palavra como um aluno que presta muita atenção quando a matéria é interessantíssima.

“Eu também sou uma estudiosa de Glauber Rocha”, dizia ela. “Eu não tolero muito é aquele Andy Warhol” – concordei – o preferido dos modernosos. Glauber era muito melhor.

Fiquei tão feliz dela me atender e conversar comigo que queria trazer ela pra minha casa. Liguei pro Secretário de Cultura de Minas, com uma autoridade moral que ele teve que atender: “você tem que ajudar D. Lúcia Rocha na sua missão de preservar a obra de Glauber”! Ele, muito educado, me disse que o Tempo Glauber, local do acervo, ficava no Rio e seria muito difícil fazer alguma coisa.  Me dei por satisfeito e desliguei.

“Os amigos, Fabiano, ela dizia, eram como um morceguinho que ficava na cacunda do boi, lá em Vitória da Conquista, onde seu pai tinha fazenda.  Ficam lá sugando e o boi não vê nada. Assim era com meu filho”.

“Vamos tentar com político tal, Dona Lúcia, quem sabe a gente consegue mais verba aí pro Tempo Glauber”!

“Não, Fabiano, não quero saber de político não. Prefiro conversar com gente como você. Eu sou gente”.

“Não vou contar pra ninguém não, mas pra você eu conto. Esse ano vou filmar a procissão de Bom Jesus dos Navegantes (acho que é isso). É uma coisa que Glauber queria fazer”…

E assim foi várias vezes, eu ligava pro Tempo Glauber e ela me atendia. Eu estava lançando meu primeiro disco e tinha a música ‘Deusdete’ sobre uma Sem-Terra vagando por um Brasil em chamas. Disse a ela que tinha dedicado a música a ela. “Ah Fabiano, eu sou uma Sem-Terra”. A música era baseada em Villa-Lobos, e fazia uma ponte com “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (Deusdete). Tinha os sons de foices e tiros de uma ocupação. A mulher ficava sem marido, a mulher ficava sem filho. Como Lúcia. No final ela contempla o horizonte na Chapada Diamantina onde um novo Brasil se ergue.

Lúcia se foi. Nos deixou meio envergonhados de não termos sido tão reconhecidos a ela, pelo seu amor ao Cinema. Pelo seu amor à Arte. Pelo seu amor a Glauber.

Apenas fico feliz quando vislumbro uma possibilidade dela poder olhar nos olhos de seu filho, se é que isso é possível, e os dois poderem trocar aquela risadinha marota de verdadeiros cúmplices e soltar um grito entalado na garganta: “VENCEMOS”!!!

Thank You, Dona Lúcia Rocha!!

” What did he think of Caetano ? ”
” Caetano ate in my house , now it’s gone ! ”
” What did he think of John Lennon ” ? Asked the middle overwhelmed .
” He liked John Lennon . Just thought he could have gone further . ” And Dona Lúcia Rocha , mother of Glauber , would delight me every answer.
I sipped each answer as a student who pays a lot of attention when the subject is interesting .
“I am also a student of Glauber Rocha ,” she said . ” I do not tolerate that is very Andy Warhol ” – agreed – the favorite of modernosos . Glauber was much better .
I was so glad she meet me and talk to me he wanted to bring her to my house . I called the Secretary of Culture of Mines , with a moral authority he had to answer : ” you have to help D. Lúcia Rocha in its mission to preserve the work of Glauber ” ! He , very polite , told me that the Glauber Time, location of assets , was in Rio and would be very difficult to do something. I found myself satisfied and hung up.
“Friends , Fabiano , she said , were like a little bat that was in cacunda ox , there Vitória da Conquista , where his father had farm. Are there sucking and ox sees nothing . So it was with my son . ”
” Let’s try this with political , Dona Lucia , maybe we get more funding then pro Tempo Glauber ” !
” No, Fabiano , do not care about not political . Prefer to talk to people like you . I am people . ”
” I will not tell anyone not, but for you I will. This year I will film the procession of Bom Jesus dos Navegantes ( think that’s it ) . It’s something that Glauber wanted to do ” …
And so it several times , I turned pro Tempo Glauber and she answered me . I was releasing my first album and had the song ‘ Deusdete ‘ on the Landless wandering for Brazil in flames . Told her that he had dedicated the song to her. ” Oh Fabiano , I am a landless” . The music was based in Villa -Lobos , and made a bridge to ” God and the Devil in the Land of the Sun ” ( Deusdete ) . Had the sounds of gunfire and sickles an occupation . The woman was without her husband , the woman was childless . As Lucia . In the end it contemplates the horizon in Chapada Diamantina Brazil where new stands .
Lucy is gone . In the left half ashamed of not having been so recognized her, for their love of Cinema . By his love of art . For your love to Glauber .
Only happy when I glimpse a possibility she could look into the eyes of his child, if that is possible, and that the two can exchange naughty giggle true accomplices and a cry stuck in the throat : ” WE WON IT” !

 Gracias, Dona Lúcia Rocha!!

” ¿Qué pensaba de Caetano ? ”
” Caetano comió en mi casa, ahora se ha ido ! ”
” ¿Qué pensaba de John Lennon “? Preguntó el abrumado medio.
” A él le gustaba John Lennon. Sólo pensaba que podía haber ido más lejos ” . Y doña Lúcia Rocha , madre de Glauber , podría deleitarme cada respuesta .
Tomé un sorbo de cada respuesta como un estudiante que presta mucha atención cuando el tema es interesante .
“Yo también soy un estudiante de Glauber Rocha, ” dijo ella. ” No tolero que es muy Andy Warhol ” – acordó – el favorito de modernosos . Glauber era mucho mejor.
Yo estaba tan contento de que me encuentre y me habla que quería traer a mi casa . Llamé a la Secretaría de Cultura de Minas, con una autoridad moral que tenía que responder: ” usted tiene que ayudar a D. Lúcia Rocha en su misión de preservar la obra de Glauber ” ! Él , muy amable, me dijo que el tiempo de Glauber , la ubicación de los activos , se encontraba en Río y sería muy difícil hacer algo. Me encontré satisfecho y colgué.
” Amigos, Fabiano , dijo, eran como un pequeño murciélago que estaba en buey cacunda , hay Vitória da Conquista , donde su padre tenía la granja . ¿Hay mamando hasta los bueyes no ve nada . Así fue con mi hijo ” .
” Vamos a tratar esto con política, doña Lucía , tal vez tengamos más financiación entonces pro Tempo Glauber ” !
” No, Fabiano , no se preocupan por no político. ¿Prefiere hablar con gente como tú. Yo soy la gente ” .
“No voy a decir que no a nadie, pero para ti lo haré. Este año voy a filmar la procesión de Bom Jesus dos Navegantes ( creo que sea eso ) . Es algo que Glauber quería hacer ” …
Y así varias veces , me convertí en profesional Tempo Glauber y ella me respondió . Que estaba liberando mi primer disco y tuve la canción ‘ Deusdete ‘ en el deambular de los Sin Tierra de Brasil en llamas. Le dijo que había dedicado la canción a ella. ” Oh Fabiano , soy un sin tierra ” . La música se basa en Villa-Lobos , e hizo un puente a ” Dios y el diablo en la tierra del sol ” ( Deusdete ) . Si los sonidos de disparos y hoces una ocupación. La mujer estaba sin su marido , la mujer no tenía hijos . Como Lucía. Al final se contempla el horizonte en Chapada Diamantina Brasil donde las nuevas gradas.
Lucy se ha ido. En la mitad izquierda avergonzado de no haber sido así la reconoció , por su amor al cine . Por su amor al arte . Por su amor a Glauber .
Sólo feliz cuando vislumbro la posibilidad de que pudiera mirar a los ojos de su hijo, si eso es posible, y que los dos pueden intercambiar risita verdaderos cómplices traviesos y un grito atrapado en la garganta : ” Tuvimos éxito  ” !

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de janeiro de 2014 em cultura, música

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Canção para a Primavera Brasileira

A Primavera Brasileira está nascendo pra você
Nós temos tudo a ganhar não temos nada a perder
Nós somos o poder (2x)
Porque nós nunca mais seremos os mesmos
A nossa primavera está amanhecendo
O que os mais velhos não sabem os jovens podem ensinar
Nós somos o poder
Senhor policial, o senhor também tem filhos
E quer pra eles também um Brasil melhor
Nós somos o poder.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de junho de 2013 em artistas, música

 

Tags: , , , , ,

Fab Show – O Coração – The Heart – El Corazón

Fab Palladino – O Coração Está Sempre Certo.

Nossa missão é oferecer uma experiência única através da música.

Tocamos música de uma forma diferenciada tanto no aspecto formal,quanto no aspecto da performance. As músicas tendem para a espontaneidade buscando atingir as pessoas através do coração. Nosso diferencial é uma performance bombástica aliada a arranjos inusitados, junto a uma irreverência tipo Brasil-Exportação.

Espetáculo com o artista e performer Fab Palladino, acompanhado por sua banda. Fab interpreta suas músicas, tudo alinhavado pela temática do coração. O que importa é a paixão e o sentimento. Com sua performance e misancene únicas, o público é levado a lugares insusitados e exóticos. Embarque você também nessa viagem levado pelas asas da emoção. Esqueça a cabeça, o coração está sempre certo.

Fab Palladino possui 4 albuns entre eles, O Coração Está Sempre Certo, uma coletânea de seus melhores momentos. Estréia no Itunes via selo Tuga Records. Já apareceu no Faustão e teve duas músicas entre as mais da Trama Virtual. Participou do Prêmio Tim de Música Brasileira e é um dos expoentes da nova música brasileira. Sua carreira virou documentário em 4 partes no YouTube: Multiple Man (homem-múltiplo).

Equipe: 5 músicos e 1 produtor.

Facebook: https://www.facebook.com/fab.palladino

Skype:fabpalladino

music: http://itunes.apple.com/ie/artist/fab-palladino/id525056470

Videos & Multiple Man Documentary: http://www.youtube.com/fabpalladino

Música: O Coração Está Sempre Certo
(Fab Palladino)
Produzida por Fab Palladino e Magal
Bateria: Gi Hurricane
Guitarra e backing vocal: Magal
Baixo e backing vocal: Fernando Santos
Piano e backing vocal: Brendo Silva
Voz, sinth, guitarra, apito, árvore: Fab Palladino

]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Our mission is to offer, through music, an unique experience. The way we play music is differentiated not only from a performance stand-point, but from our genuine approach to its formal aspect. Songs which lean towards spontaneity tend to reach people through the heart. Our difference is a explosive performance combined with unusual arrangements, underlined by the well-known inherited Brazilian irreverence.

Artist and performer Fab Palladino, accompanied by his band, plays their original songs which have been cleverly weaved around the Heart theme. The viewer is elevated to a dream state where passion and feeling are what matters. With his unique performance and stance, Fab leads the audience to delightful and exotic places. Take this trip, carried by the wings of emotion. Don’t be fooled by reason, the heart is always right.

Fab Palladino has released four full-length albums, among them, The Heart Is Always Right —a collection of his best moments, debuting on iTunes via Tuga Records. Fab marked his presence on Brazilian television shows, has topped charts on major online outlets such as Trama Virtual, and took part on TIM Brazilian Music Award. Palladino is undoubtly one of the exponents in the resurgence of Brazilian music. Recently a four-part documentary following his career —Multiple Man— was released on YouTube.

Nuestra misión es ofrecer una experiencia única a través de la música.

Tocamos música de una manera diferente, tanto en el aspecto formal, como em el aspecto del rendimiento. Las canciones tienden a la espontaneidad buscando llegar a la gente a través del corazón.Nuestra diferencia es un rendimiento rimbombante combinarse con disposiciones inusuales, junto con una irreverencia tipo Brasil-Exportacion.

Entretenimiento con Fab artista y performer Palladino, acompañado de su banda. Fab interpreta sus canciones, todo bañado en el corazón. Lo que importa es la pasión y el sentimiento. Con su actuación única y misancene, el público es llevado a lugares exóticos y insusitados. Embarcarse en este viaje también llevado por las alas de la emoción. Olvídese de la cabeza, el corazón siempre tiene la razón.

Fab Palladino tiene 4 discos entre ellos, O Coração Está Sempre Certo, una colección de sus mejores momentos. Debut vía Itunes Tuga Records. Estuvo presente en los programas de televisión más importantes. És uno de los exponentes de la música brasileña. Su carrera se volvió documental en 4 partes en YouTube: Multiple Man (hombre-múltiple).

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de setembro de 2012 em artistas, música, shows

 

Tags: , , , , , , , , , , ,